Crítica: Batman Begins

4 de abril de 2011 5 Comente Aqui!


"Depois de passar por um período de sofrimento e péssimas adaptações, Batman volta a ser genial"


Confesso que quando soube que este filme viria a tona , me perguntei se já não estavam cansados de ganhar dinheiro usando o nome do homem morcego. Hoje agradeço e muito a iniciativa de Christopher Nolan, que nos apresentou um Batman muito digno de sua originalidade e ainda melhor, para mim, que o já apresentado no belo trabalho de Tim Burton. A saga retomada mostrar uma Gotham City sombria e tenebrosa e ela como um todo está mais assustadora e perfeita para um personagem tão assombroso. Se já gostei do recomeço da história, indico ainda mais a segunda parte Batman: O Cavaleiro das Trevas e admito que aguardo ansiosamente o terceiro filme que será lançado em breve, Batman: The Dark Knight Rises, em título original e tradução próxima de A Ascensão do Cavaleiro das Trevas.

Como estamos falando do primeiro filme desta trilogia, nele conhecemos a história do surgimento da lenda de Batman e sua luta contra o mal na cidade de Gotham. Muitos devem saber, mas não me custa reescrever que o Bruce Wayne presencia o assassinato de seus pais e desde então nunca conseguiu ser mais um garoto como outro qualquer. Quando um pouco mais velho, ele conferiu a morte da mãe e do pai ainda criança, ele decidiu viajar pelo mundo em busca de conhecimento capaz de lhe permitir lutar contra o mal, combater todo e qualquer tipo de injustiça no mundo e ainda espantar possíveis aspirantes a bandidos. Psicologicamente falando, a viagem do milionário estava ligada ao encontro de um propósito para viver, pois apesar de saber que poderia ajudar o mundo, ele nunca tinha conseguido ser uma pessoa feliz. Em meio a jornada, Bruce termina conhecendo Henri Durcard e com ele apresente técnicas de luta e de sobrevivência capazes de lhe tornar alguém praticamente invencível. Após esse período de treinamento, Wayne volta para sua cidade e começa a desenrolar seu plano de combater o mal.

O grande filme, que é Batman Begins, começa na escolha de seu elenco. Michael Caine (A Origem), Liam Neeson (Esquadrão Classe A, Desconhecido), Gary Oldman (O Livro de Eli, Hannibal), Christian Bale (O Vencedor, Os Indomáveis), Ken Watanabe (Cartas de Iwo Jima) e Morgan Freeman (Xeque-Mate, Invictus) são os atores que deram vida a personagens bem trabalhados e interpretados (Katie Holmes - Obrigado Por Fumar - fica um pouco a desejar e até não aparece na continuação, será que ela se tocou que não dava pra ela?). O roteiro é outro ponto forte, que privilegia um aprofundamento psicológico e deixa de lado apenas cenas de ação, que acontecem, são interessantes, mas que não são o carro chefe da produção. A trilha sonora é muito boa e completamente instrumental, o que particularmente admiro demais.

Muito bom de se assistir e fácil de dizer, Batman Begins é um filme para adultos e praticamente perfeito como um todo. Atuações, roteiro, direção e trilha sonora se encaixam muito bem e oferecem mais do que entretenimento.  Se o Homem Morcego era meu herói favorito, Nolan fez dele mais especial ainda.

Nota: 9,5


Trailer do Filme:

5 Comente Aqui! :

  • diego disse...

    É um ótimo começo, o segundo é que brilhante!

    e é sem duvidas umas das melhores adaptações dos quadrinhos para as telas, se não for a melhor!!!

  • Silvano Vianna disse...

    Renato: Pode crer, filme com um elenco escolhido a dedo, fora a Kate Holmes que eu acho bem fraquinha e foi sabiamente substituída para o 2° filme.

    Diego: Uma das melhores adaptações dos quadrinhos sem sombra de dúvidas. Acho que só o 2° longa da séries supera esse em termos de qualidade.

  • Master_Sidious disse...

    Batman Begins, assim como The Dark Knight estão entre meus filmes favoritos. Eu sou um grande fã de quadrinhos, e realmente fiquei impressionado com a Gotham City que Christopher Nolan nos apresentou no primeiro filme, diferente da gótica de Tim Burton de 1989 e da megalomaníaca de Joel Schumacher. Esta versão de Batman é a ideal criando um personagem mais verossímil, desde a sua origem até a maneira com que obtem seus primeiros objetos que irá utilizar no combate o crime como o batrangue e o bat-tank. O elenco como já foi disposto é excelente, tirando a insonsa Katie Holmes, e Christian Bale fez o melhor Bruce Wayne até hoje.

 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...