Crítica: O Homem do Futuro

4 de setembro de 2011 7 Comente Aqui!


Claúdio Torres é um daqueles diretores brasileiros que fogem um pouco do estilo de filme que estamos acostumados a assistir. Redenção foi um belo trabalho feito por ele e tenho certeza que Mulher Invisível ainda está na cabeça de muitos brasileiros. Somado ao diretor nós temos a presença do melhor ator nacional dos últimos anos e o responsável pelo sucesso de filmes como Tropa de Elite, Tropa de Elite 2 e Vips. Wagner Moura continua aqui sua contínua jornada de sucesso e mais uma vez é responsável por agradar a todos...Cabe agora vê-lo atuando no âmbito internacional, pois nacionalmente ele já é unanimidade


Na trama,  Zero é um cientista brilhante, porém arrogante e infeliz. No passado, ele sofreu uma humilhação pública na faculdade e perdeu Helena, o seu grande amor. No presente, ele está está prestes a ser demitido. Zero coloca em prática o acelerador de partículas mais barato do mundo, que ainda não foi concluído. A experiência fracassa e provoca um acidente que o leva ao passado, com a chance de modificá-lo. O cientista aprende que mudar o tempo não é tão fácil como parece. 


Não podia ser diferente e existem no filme claras referências á trilogia de sucesso De Volta Para o Futuro, mas o que lhe diferencia dos demais é a mescla de comédia romântica com ficção científica, sendo conduzida por uma pitada de humor leve e preciso. Não é nada que possa fazer o espectador gargalhar, mas algo que se mostra inteligente e comparativo entre os tempos, suas diferenças e crenças. Wagner e Alinne como dupla de protagonistas mostram uma química interessante e tem como ponto alto o momento em que cantam Tempo Perdido num baile. Por sinal, se o filme tem méritos quanto a sua condução, a trilha sonora também não deixa a desejar e conta com a sonorização de Legião Urbana e Radio Head. 


A trama realmente é uma daquelas que deixa o espectador boquiaberto no final, lógico que dava para esperar algo do tipo, mas mesmo assim não podemos deixar de lado o susto que alguns tomaram durante a exibição do filme na sessão. Acho que o ponto mais negativo da produção é o seu marketing que não soube trabalhá-lo de maneira certa e que ainda deixou sair ao ar um trailer que não vende o longa da forma que deveria e terminou afastando alguns das sessões iniciais, mas que em breve chegarão ás salas com o boca a boca que vai se instalar.

Nota: 9,0


Trailer do Filme:

7 Comente Aqui! :

  • Verena disse...

    Adorei o filme, a história e a combinação dos atores.. mt bacana!
    Além que me surpreender com a atuação de Wagner Moura à cada trabalho, pois o homem é bom no que faz.

  • Renato disse...

    Fui v esse filme hj muito mais por indicacao do q por vontade propria e agradeço pela indicação. Curti mto o filme. Wagner Moura já faz por merecer uma chance em Hollywood (soube que ele vai fazer um filme mas não sei se é verdae). Mais uma vez obrigado

 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...