Pesquisar

Carregando...

Resenha do filme Titanic (1998)

12 de junho de 2013 0 Comente Aqui!


Nada melhor do que o mega sucesso "Titanic" para a nossa resenha do Dia dos Namorados.

Um filme que marcou época, com seus personagens inesquecíveis, história trágica, trilha sonora primorosa e efeitos especiais dignos de Oscar.

A história mais do que conhecida do trágico fim do Titanic, que em 1912 fazia sua viagem inaugural, de Londres para Nova Iorque, mas que acabou batendo em um iceberg, e naufragou levando consigo mais de 1500 vidas. O navio era inafundável, e uma obra prima para a época. Mas essa história poderia ser somente um documentário se em uma jogada de sorte no poker, Jack Dawson (Leonardo Di Caprio - O Aviador) não tivesse ganho a sua passagem para o Titanic. Pobretão, artista e muito charmoso, Jack embarca no navio esperando passar apenas 4 dias à bordo, e desembarcar na América. Mas o destino coloca em sua vida a mimada, rica e solitária Rosie DeWitt Bukater (Kate Winslet - Contágio), e juntos viverão uma história de amor que Hollywood e o mundo jamais esquecerá.

Tendo como pano de fundo a viagem e o amor do casal protagonista, James Cameron (Avatar) nos leva ao ano de 1912 e toda a sua burguesia e pompa, ao percorrer os corredores do Titanic, seus salões de baile e chá, mas também nos faz dançar ao som da terceira classe e sua animação. Com plano de câmeras que marcaram a época (o ano de 1998), James, que merecidamente ganhou o Oscar de Melhor Diretor, brinda o mundo do cinema com uma obra prima, fazendo uso de ângulos ousados e locações monumentais. Inclusive, a 20th Century Fox construiu um estúdio somente para as locações e para a réplica do navio, que tinha quase as mesmas proporções do navio original. A locação contava também com um um tanque com mais de 60 milhões de litros d’água. A própria cena da quebra do navio ao meio foi decisiva para o lançamento do filme, uma vez que, Cameron só podia realizar a cena uma única vez, e se algo desse errado, as filmagens seriam prejudicadas.

O orçamento do filme também teve proporções épicas, sendo inclusive mais caro que o próprio navio. Outro ponto muito importante do filme, são as tomadas submarinas feitas por Cameron do local onde o Titanic está. Foi preciso criar uma câmera, em parceria com a  Panavision, que suportasse a pressão. A trilha sonora também chama atenção, e foi um dos sucessos do longa. O trabalho primoroso de James Horner quase não toma forma, pois ele e o diretor haviam se desentendido tempos atrás, sendo que a primeira opções de Cameron, era a cantora Enya, que acabou recusando. Celine Dion foi uma peça fundamental na popularização da trilha.

Talvez o enorme sucesso de Titanic seja merecimento do perfeccionismo de Cameron, que foi diretor, roteirista, produtor, editor, e além de todas essas funções, ainda fez pontas no longa (você consegue achar o diretor em duas cenas?) e fez ele próprio todos os desenhos de Jack, usando a sua própria mão na tomada famosa em que Rosie tem seu desenho pintado (cena essa que teve que ser invertida, pois Jack, personagem de Leonardo Di Caprio é destro, e o diretor canhoto, provando assim, o perfeccionismo de Cameron).

Tamanha dedicação só podia ter rendido tantas indicações e prêmios, não só da Academia, como também de Globo de Ouro, Bafta, Grammy...

OSCAR Ganhou - Melhor Filme, Melhor Diretor - James Cameron, Melhor Fotografia, Melhor Direção de Arte, Melhor Figurino, Melhor Som, Melhor Edição, Melhor Trilha Sonora, Melhor Canção Original - "My Heart Will Go On", Melhores Efeitos Sonoros. Indicações - Melhor Atriz - Kate Winslet, Melhor Atriz Coadjuvante - Gloria Stuart, Melhor Maquiagem.

GLOBO DE OURO Ganhou - Melhor Filme - Drama, Melhor Diretor - James Cameron
Melhor Trilha Sonora, Melhor Canção Original - "My Heart Will Go On"

GRAMMY Ganhou - Melhor Canção Original - Cinema - "My Heart Will Go On".

E por tantas peculiaridades, Titanic só podia ser tido como uma obra prima dos tempos modernos, divisor de águas em Hollywood, na carreria de Leonardo Di Caprio e Kate Winslet, ícone do ranking de bilheteria, mas acima de tudo, o roteiro é de uma história de amor. E histórias de amor nunca são demais, nunca saem de moda, e nunca passam desapercebidas. Sim, é uma história trágica, não temos um final feliz, a mocinha não fica com o mocinho. Para alguns um filme muito grande (mais de 3 horas  de duração), para outros piegas. Alguns já não aguentam mais "Jack e Rosie", mas todos, absolutamente todos devem concordar, é um filme bonito, tocante e que vale a pena ser visto. E no dia de hoje, DIA DOS NAMORADOS, vale uma meia luz, um bom vinho e ser emocionar mais uma vez, ao ouvir Rosie desembargar em Nova Iorque como promete a Jack, "com ele", sim, porque isso ela faz, os mais românticos concordarão comigo, pois em tempos de era digital, redes de relacionamento, ao desembarcar, Rosie DeWitt Bukater vira Rose Dawson, e ali está a promessa. Ali vai com ela um pouco do Jack, em memória e no nome. Tem coisa mais romântica?




FICHA TÉCNICA
Gênero: Romance
Direção: James Cameron
Roteiro: James Cameron
Elenco: Aaron James Cash, Alexandrea Owens, Alison Waddell, Amber Waddell, Amy Gaipa, Anatoly M. Sagalevitch, Anders Falk, Andie Hicks, Anne Fletcher, Barry Dennen, Béla Szedlák, Bernard Fox, Bernard Hill, Bill Paxton, Billy Zane, Bjørn Olsen, Bobbie Bates, Brendan Connolly, Brian Walsh, Camilla Overbye Roos, Charlotte Chatton, Chris Byrne, Craig Kelly, Dan Pettersson, Danny Nucci, David Cronnelly, David Warner, Derek Lea, Diana Morgan, Edmond Alan Forsyth, Edward Fletcher, Elsa Raven, Emmett James, Eric Braeden, Erik Holland, Ewan Stewart, Fannie Brett, Ferenc Szedlák, Frances Fisher, Garth Wilton, Gloria Stuart, Greg Ellis, Gregory Cooke, Ioan Gruffudd, James Garrett, James Lancaster, Jari Kinnunen, Jason Barry, Jenette Goldstein, John Walcutt, Jonathan Evans-Jones, Jonathan Hyde, Jonny Phillips, Julene Renee, Kate Winslet, Kathleen S. Dunn, Kathy Bates, Kevin Owers, Kris Andersson, Laramie Landis, Leonardo DiCaprio, Lew Palter, Lewis Abernathy, Liam Tuohy, Linda Kerns, Lisa Ratzin, Lorenz Hasler, Mandana Marino, Marc Cass, Mark Capri, Mark Lindsay Chapman, Mark Rafael Truitt, Martin East, Martin Hub, Martin Jarvis, Martin Laing, Michael Ensign, Nicholas Cascone, Nick Meaney, Oliver Page, Patrick Murphy, Paul Brightwell, Paul Herbert, Rebecca Klingler, Reece P. Thompson III, Richard Ashton, Richard Fox, Richard Graham, Rochelle Rose, Rocky Taylor, Romeo Francis, Ron Donachie, Rosalind Ayres, Samantha Hunt, Scott G. Anderson, Scott Hislop, Sean Nepita, Seth Adkins, Shay Duffin, Shep Lonsdale, Simon Crane, Stan Mazin, Stephen Twigger, Stephen Wehmeyer, Suzy Amis, Terry Forrestal, Thomas Füri, Tricia O'Neil, Van Ling, Vern Urich, Victor Garber, Werner Giger
Produção: James Cameron, Jon Landau
Fotografia: Russell Carpenter
Trilha Sonora: James Horner
Duração: 194 min.
Ano: 1997
País: Estados Unidos
Cor: Colorido
Estreia: 13/04/2012 (Brasil)
Distribuidora: Fox Film
Estúdio: Lightstorm Entertainment / Paramount Pictures / Twentieth Century Fox Film Corporation



0 Comente Aqui! :

 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...