Resenha de Filme: Chamada de Emergência (The Call)

13 de abril de 2013 4 Comente Aqui!

Entra em cartaz nessa semana o suspense Chamada de Emergência (The Call), o filme feito pelo estúdio Diamond Films, um estúdio menor que começou a operar no Brasil neste ano. O longa mesmo com cara e roteiro de produção B  ao que tudo indica esta bem cotado pela Diamond visto que eles trouxeram a Halle Berry para o Brasil a fim de promover esta produção.

O filme é comandado por Brad Anderson (Mistério da Rua 7, O Operário), que já esta se tornando um especialista em suspenses, em sua curta cinebiografia Chamada de Emergência vai ser o 3° filme do gênero que ele comanda. Aqui eu acho que ele fez até um trabalho razoável, a escolha de atores foi interessante a e parte técnica até que é bem feita - trilha mais ou menos harmoniosa, fotografia OK e montagem sem muitos problemas. A grande questão desta produção é o roteiro que tem muitas coias forçadas e difíceis de engolir e principalmente tem uma conclusão para o longa muito ruim.

A película Chamada de Emergência gira em torno de Jordan Turner (Halle Berry - A Viagem, X-Men - O Confronto Final, X-Men 2) uma experiente operadora do sistema de chamada de emergência norte-americano (911), que precisa lidar com o pedido de socorro da adolescente Casey Welson (Abigail Breslin - Rango, Uma Prova de Amor, Zumbilândia), que foi sequestrada. O suspense aumenta quando Jordan percebe que, para salvar a vida da menina, precisará lidar com uma conhecida voz do passado.

Confesso que minha expectativa quando fui conferir Chamada de Emergência não era das melhores, primeiramente porque eu não tinha ouvido comentários positivos sobre a produção, o trailer também não me animou muito, mas o principal fator é que desde a sua ultima participação na franquia X-Men a Halle Berry só tem entrado em produções de gosto duvidoso. Infelizmente para meu asar meus temores se concretizaram, o longa até começa legal vai se desenvolvendo de forma interessante até que do meio por fim as coisas desandam bastante, a conclusão do filme então é de uma falta de criatividade e lógica que até agora fico na dúvida como um estúdio aprova um final tão ruim quanto esse.

Chamada de Emergência não chega a ser uma decepção até porque não tem como esperar um filme muito inteligente ou um suspense legal de um filme com uma sinopse tão limitada. Serve talvez como uma desconstrução quando a eficiência da polícia dos EUA que comete alguns erros básicos de investigação para que a conclusão do roteirista faça algum sentido (se é que em algum momento esse desfecho fez sentido para alguém). Os clichês e exageros são o que estragam o longa e tornar a Halle Berry a salvadora da pátria faz tanto sentido quando votar no Tiririca para Deputado Federal. Se quiser um conselho aproveite a hora inicial do filme e saia antes do fim, a revolta vai ser bem menor; mas se for aos cinemas saiba o que você esta comprando para não sair muito insatisfeito. Chamada de Emergência é um filme fraco, que no final sem nenhuma sentido quer pousar de cult e termina ficando pior do que se abraçasse o seu lado trash.




FICHA TÉCNICA
Diretor: Brad Anderson
Roteiristas: Richard D'Ovidio, Richard D'Ovidio
Gênero: Suspense
Duração: 94 min.
Distribuidora: Diamond Films
Orçamento: US$ 13 milhões
Estreia: 12 de Abril de 2013
Elenco: Halle Berry, Abigail Breslin, Ella Rae Peck, Justina Machado, Tara Platt, Evie Thompson, David Otunga, Michael Linstroth, Michael Eklund e Morris Chestnut.

4 Comente Aqui! :

  • Hugo disse...

    A carreira de Brad Anderson é irregular. Dos filmes que você citou, "O Operário" chega a ser instigante, principalmente pela interpretação maluca de Christina Bale, já "Mistério da Rua 7" é bem fraco.

    Anderson tem também um filme independente simples e interessante chamado "Próxima Parada: Wonderland".

    Este novo trabalho parece ser apenas razoável pelo seu texto.

    Abraço

  • uilson souza disse...

    Eu n achei tão ruim assim.. o filme de fato co seguiu me envolver.. claro que não foi a melhor produção, mas O Último exorcismo parte dois é tosco é o povo ta se amarrado!! Este é um filme não tão rico..mas adorei a atuação da Halley... bom na minha opinião não é o pior.

  • Silvano Vianna disse...

    Mas é assim mesmo Uilson, gosto é uma questão bem pessoal. Que bom que você curtiu esse filme mais do que eu, quanto ao Ultimo Exorcismo...ah esse esta em uma categoria a parte.

    Eu fiz uma resenha dele também, ser quiser ler e opinar segue aqui o texto.

    http://www.cinemadetalhado.com.br/2013/05/resenha-de-filme-o-ultimo-exorcismo.html

    Abraços!

  • Anônimo disse...

    o filme em si não é ruim. o que me decepcionou foi o final, pois ambas -a atendente e a garota - tiveram um comportamento igual ao do sequestrador.

 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...