Top Five - Sam Raimi

4 de outubro de 2012 3 Comente Aqui!

É provável que a maioria das pessoas ouviram falar de Sam Raimi por causa da trilogia Homem-Aranha, mas foi outra trinca que fez a fama do diretor: os hilários e igualmente macabros filmes da série Uma Noite Alucinante. Entre esse dois Raimi explorou outros gêneros, como o caso do bem elogiado Um Plano Simples. Aqui está uma pequena leva da produção de Raimi, escolhida a dedo pela equipe do Cinema Detalhado.

The Evil Dead - A Morte do Demônio (1981)

Essa mistura de baixo orçamento, terror gore e humor negro sempre revelou boas surpresas. No caso de The Evil Dead, aqui está um filme que conseguiu ser exibido no Festival de Cannes e ao mesmo tempo ser banido na Alemanha, Finlândia, Islândia e Irlanda. The Evil Dead foi o filme mais locado de 1983 quando lançado no mercado de VHS britânico; hoje, é celebrado como um legítimo filme cult. The Evil Dead foi posteriormente adaptado pro teatro (!) e em formato de HQ pela Dark Horse Comics, em 2008. Raimi e Campbell anunciaram ano passado que pretendem fazer um remake do filme, em breve.

Uma Noite Alucinante 3 (1992)


Clássico do cine-pipoca, o terceiro Uma Noite Alucinante (e o primeiro é A Morte do Demônio - vão entender) é "a" obra-rima do terror pastelão. Os close-ups bizarros, as "queimadas" geniais que Ash (Bruce Campbell) dá nos seus anfitriões medievais e o clima geral de esculhambação garantem uma excelente hora e meia de diversão. Imperdível!

Um Plano Simples (1998)

Testando a sua versatilidade, Raimi dirige um drama onde um trio de amigos descobrem US$ 4,4 milhões entre os escombros de um acidente de avião. O plano dos três de guardar o dinheiro vai de mau a pior; ele acaba num tenso jogo de suspense, traição e assassinato. Billy Bob Thornton foi indicado ao Oscar de Melhor Ator Coadjuvante, e o roteirista Scott Smith foi contemplado com outra indicação da Academia na sua categoria.

O Dom da Premonição (2000)


Raimi e Billy Bob Thornton - dessa vez na cadeira de roteirista - reúnem um elenco classe A para contar a história da vidente Annabelle "Annie" Wilson (Cate Blanchett), uma personagem baseada nas experiências da mãe de Thornton. Annie é perseguida por visões da morte Jessica King (Katie Holmes), visões que podem fazer dela a próxima vítima do misterioso assassino que tirou a vida de Jessica. Keanu Reeves, Greg Kinnear, Hillary Swank e Giovanni Ribisi também dão as caras nesse drama/suspense sobrenatural.

Homem-Aranha (2002)

Com  o roteiro de Stan Lee (criador do personagem), a direção segura de Raimi e Tobey Maguire fazendo um excelente Peter Parker, a primeira adaptação de Homem-Aranha ao cinema merece todo sucesso que teve. Além de várias indicações ao Oscar, BAFTA e Grammys, foram US$ 821 milhões de faturamento, o que o entroniza na dianteira da franquia. Tobey Maguire é o verdadeiro ás na manga desse empreendimento: com a sua eterna cara de menino sonhador, ele faz o público encarnar todas as suas alegrias e aflições. O espanto com seus novos poderes é o nosso espanto; a sua dor de perder tio Ben é a nossa dor; e a paixão desajeitada que sente por Mary Jane, idem. O reboot recente da saga (feito porque Sam Raimi e Tobey Maguire ficaram caros demais) até que é bom, mas não chega nem perto desse.

3 Comente Aqui! :

  • Zé Felipe Sá disse...

    Caro Gustavo, esse é o eterno problema dos Top Five: sempre temos que deixar algum filme de fora. Dos três "A Noite Alucinante", o primeiro é o ícone e o terceiro é um favorito do público. Quanto à trilogia "Homem-Aranha" preferi escolher só um, assim teria espaço para outros destaques da filmografia de Raimi poderem aparecer.

    Abraço!

  • Anônimo disse...

    Particularmente substituiria o HA 1 pelo HA 2, mas não sendo o 3 já tá de bom tamanho, shusahahashua!

 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...