Retrospectiva 2011!

1 de janeiro de 2012 1 Comente Aqui!


Dia 01/01/2012...É dado o momento de fazer uma retrospectiva e apontar os pontos marcantes do ano que se passou. Não estou levando em consideração os filmes que participaram da cerimônia do Oscar desse ano, pois, assim como na Bahia , o ano só começa depois do Carnaval, posso considerar que o calendário letivo da sétima arte, começa após a cerimônia, que também acontece em Fevereiro. Ainda assim, ir ao cinema é uma das maiores fontes de diversão e é possível se tirar das sessões alguns bons trabalhos. Para tornar a coisa mais dinâmica, resolvi criar algumas categorias de análise. Criei apenas a regra de que filmes que ganharam uma categoria não entrarão no Top Five, pois assim dou oportunidade para que outros filmes apareçam! Vamos a lista:

ATOR DO ANO 


epois do belo trabalho em Namorados Para Sempre, no fim do ano passado, Ryan Gosling ganhou o destaque que merecia em Hollywood e participou de 4 produções em 2011. Ele esteve presente em Amor a Toda ProvaDriveTudo Pelo Poder e Entre Segredos e Mentiras. As três primeiras dessas produções foram muito bem vindas ao universo dos críticos e uma ficou no meio termo. Gosling inclusive foi indicado ao Globo de Ouro pela sua atuação em  Tudo Pelo Poder e Amor a Toda Prova.

ATRIZ DO ANO


A primeira vez que pude identificar o trabalho de Emma Stone foi na comédia SuperBad - É Hoje . Desde então a jovem está se destacando no cinema e este ano coloco ela como a atriz que melhor se desenvolveu. Ela participou como protagonista da comédia A Mentira e foi coadjuvante de bons filmes como Amor a Toda Prova, como par romântico de Gosling, e Amizade Colorida. Encerrando o ano com chave de ouro ela protagonizou o belo filme Histórias Cruzadas, que pode pintar no Oscar 2012. Ano que vem ela estará na aguardada produção "O Espetacular Homem Aranha".

ATOR REVELAÇÃO DO ANO


Michael Fassbender com sua interpretação de Magneto se tornou, ao meu ver, a revelação do ano. O astro encantou a todos com seu mutante, em X-men: Primeira Classe, e começa a ser estipulado para muitos filmes em 2012. Um deles, por sinal, é a nova versão de Robocop, que será dirigida por José Padilha, da franquia Tropa de Elite. Sua antigas aparições não foram marcantes, mas parece que sua carreira agora vai dar uma alavancada. Além disso, está para sair um filme sobre vício em sexo, chamado Shame, que está sendo vinculado como possível candidato ao Oscar e que lhe rendeu uma indicação ao Globo de Ouro. Este é mais um trabalho protagonizado pelo ator.

ATRIZ REVELAÇÃO DO ANO



Não conhecia o Trabalho de Jessica Chastain até o seu aparecimento neste ano com o filme A Árvore da Vida. Ela simplesmente foi um grande achado e está presente em uma lista de belos filmes do ano. Ela está presente em um bom papel em Histórias Cruzadas, O Abrigo e Coriolanus, ambos filmes que podem aparecer no Oscar. Há ainda a participação no filme No Limite da Dívida, que parece ser bem interessante. Sua atuação em Histórias Cruzadas lhe rendeu uma indicação ao Globo de Ouro. Vale reforçar que para a Associação de críticas de Nova York, ela também foi a revelação.

MELHOR BLOCKBUSTER

X-men: Primeira Classe,

Uma coisa era certa. Quase ninguém depositava esperanças nesse filme e praticamente todo mundo achava que o assunto já era mais do que batido. O filme alternativo que dizeram do Wolverine não empolgou e os péssimos cartazes davam a entender que estaríamos diante de um grande fiasco. Para nossa alegria esse é o melhor BlockBuster do ano e uma grata surpresa. O desenvolvimento do filme é maravilhoso e a maturidade dos atores e personagens são ponto chave na produção.



FILME SURPRESA DO ANO


Se tivesse que apostar dinheiro em um filme que não seria nada demais, eu apostaria em Gigantes de Aço. O trailer já dava a entender que estaríamos diante de um roteiro que já vimos antes, várias vezes, mas com o detalhe de ter uma pitada extra de Transformers. Classifico ele como a surpresa, pois a boa direção e ótimas atuações, fizeram o longa ficar muito divertido, empolgante e capaz de animar o público.


FILME DECEPÇÃO DO ANO



Acho que não somente eu que esperava muito de Lanterna Verde. Os cartazes muito bem feitos e o fato de Ryan Reinalds ser o protagonista me fez realmente apostar as fichas nesta adaptação da DC Comics. Sinceramente, a Marvel não teve lá um ano brilhante, mas está anos luz de sua concorrente, que entrou um filme fraco e que pensava mais em uma sequência do que em se apresentar dignamente. Um Fiasco Total!

MELHOR FILME NACIONAL


Esse ano não estamos diante de uma escolha unânime, como no ano passado. Tropa de Elite 2 era o melhor filme e 100% do público diria o mesmo. Em 2011 muitas produções nacionais de destaque e confesso que tentei fazer um Top Five dos melhores do ano, mas esbarrei apenas com 3 nomes. O Homem do Futuro, VIPs e O Palhaço. Sei que é o tipo de obra que ou se ama ou se odeia, mas tenho que dar o meu voto ao trabalho de Selton Mello, que conseguiu trazer um nível crítico e de profundidade de sentimentos, ao cinema nacional, de forma que jamais tinha visto antes.

MELHOR FILME DO CIRCUITO ALTERNATIVO




Sem sombra de dúvidas um dos melhores filmes do ano. Só não vou colocá-lo no Top Five, pois ele já foi o vencedor desta categoria. O trabalho foi indicado ao Globo de Ouro e será indicado ao Oscar. Todo o alvoroço gerado em seu redor está mais do que merecido e este já tem a minha torcida para continuas levando os prêmios que disputa. O cinema fora do eixo da Terra da Rainha ou do Tio Sam precisa ganhar mais destaque no Brasil. Esse filme merece muito ser visto!

TOP FIVE - PIORES FILMES DO ANO

1 º Reféns - Veja Comentário

Acho que Reféns ganhou o posto de pior filme do ano por ser um dos filmes mais sem vergonha que pude conferir. Nicolas Cage não tem vergonha na cara e entra em qualquer produção para conseguir o dinheiro que banca seus problemas e loucuras. Desde o Botox que Nicole Kidman não faz nada de grande destaque e  continua descendo ladeira abaixo. Joel Schumacher se demonstra um grande fanfarrão que ficará marcado para sempre pelos seus últimos fiascos.

2 º O Zelador Animal - Veja Comentário
O Zelado Animal é um filme muito mais do que bobo e que não é capaz de animar nem mesmo as crianças do cinema. O bom Kevin James cada dia mais segue os passos de Adam Sandler e protagoniza comédias de baixo orçamento e menor ainda qualidade. Me decepcionou e muito. Até pode ser assistido sem expectativas, mas não indico.
3 º Mistério da Rua 7 - Veja Comentário
O Mistério da Rua 7 é um filme completamente sem nexo e repleto de más atuações. A sacada inicial é até interessante, mas aos poucos a coisa vai acontecendo sem nenhuma razão ou justificativa. Poderia ser facilmente lançado o Mistério da Rua 8, pois o da 7, mesmo depois de assistir o filme, eu não entendi.


4º Como Você Sabe? - Veja Comentário
 Este é um filme que tinha tudo para dar certo. Seu elenco é bom e divertido, mas o roteiro é realmente um fiasco e fez com que todos sentíssemos vergonha alheia pelo elenco. O filme é literalmente um tédio e quase dormi assistindo. Parecia que eu estava em transe por não acredito como um elenco desse foi mal aproveitado.
5 º Padre - Veja Comentário

Paul Bettany poderia ter aprendido a lição depois do fraquíssimo Legião, mas parece que ele faz questão de ser protagonista de filmes fracos. O trailer dava uma impressão de algo extremamente diverto. É...cai no conto do vigário, pois tudo que prestava na produção estava no trailer e nada mais interessou.  Gastei dinheiro a toa.



MELHORES FILMES DO ANO


1° Guerreiro - Veja Comentário
Guerreiro é um filme empolgante que mistura ação com drama familiar de uma forma muito interessante. O filme já começa especial por abordar o MMA, que a cada dia se torna mais popular. Outro ponto muito forte são as atuações que fortalecem a trama. Tom Hardy está espetacular em seu papel e Nick Nolte, apesar de mais esquecido agora, já foi cogitado para o Oscar e ao meu ver merece se lembrado. Este é um filme praticamente completo, pois seu enredo é denso e digno e as lutas estão incríveis e emocionantes.

2° Meia Noite Em Paris - Veja Comentário
Woddy Allen merece ser lembrado este ano, pois Meia Noite em Paris é um filme lindo e com uma bela mensagem transmitida nas entrelinhas. Quem nunca afirmou: " No meu tempo que era divertido, fazíamos isso e aquilo...". Essa é uma das grandes verdades do ser humano...Ele nunca está satisfeito com as coisas o antigo sempre é melhor do que o novo. Tudo isso foi passado com bom humor e com cenários e ambientações lindos. Merece destaque!

3° Histórias Cruzadas - Veja Comentário
Este é o típico filme que a crítica gosta e que me animou bastante. Apesar de ser um pouco lento, se mostrou uma grata surpresa e nos entregou  interpretações maravilhosas. Viola Davis está incrível, Bryce Dallas e Jessica Chatains estão lindas, Octavia Spencer supera todo mundo com um magnífico trabalho e Emma Stonne acompanha do ritmo do grande elenco com dignidade. Gosto da luta contra o racismo, detesto a descriminação e por isso mesmo que terminei gostando tanto dessa produção. 

4 ° A Pele Que Habito - Veja Comentário
Pedro Almodôvar retornou aos cinemas com um filme muito intenso e interessante. Mantendo seu estilo mais lendo, porém inquietante, dessa vez ele nos propôs uma viagem em torno da vida de uma pessoa que só pode ser considerada louca. O filme é de nos deixar boquiabertos por tentar entender como aquilo era real e como era possível surgir um sentimento de amor de uma situação como aquela. Fica honrosamente entre os melhores do ano.
5° Tudo Pelo Poder - Veja Comentário
Sou um cara completamente irritado quando o assunto abordado é política. Odeio sentir a sensação de que o Brasil não evolui pela enorme corrupção que esse meio nos emprega. Um filme como esse me faz reviver esses sentimentos complicados com esse meio e se encaixa muito bem entre um dos melhores do ano. O longa é frio, metódico e calculista como seu protagonista. Não existem mocinhos e nem mesmo vilões...alias..vilões existem sim, pois mostra que esse meio é vivido por um corja de seres desprezíveis e que nenhum escapa. Nem mesmo do mais novo ao mais experiente. A única coisa que se perceber é que o menos agressivo é quem se dá mal no final.




1 Comente Aqui! :

  • Celo Silva disse...

    Parabens pelo retrospectiva bem ampla, fiquei na dúvida entre trazer os filmes desde o inicio do ano ou depois do oscar, enfim. Coragem sua em colocar GUERREIRO como melhor do ano, mas concordo com quase todas suas considerações. Jessica Chastain musa e revelação do ano! Grande Abraço!
    Visite meu novo blog, siga, linke, faça o que quiser...heheh

    http://espectadorvoraz.blogspot.com/

 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...