Crítica: Cavalo de Guerra (War Horse)

4 de janeiro de 2012 10 Comente Aqui!

A aventura épica Cavalo de Guerra é um conto de lealdade, esperança e tenacidade ambientado no arrebatador cenário da Inglaterra rural e Europa durante a Primeira Guerra Mundial. Cavalo de Guerra começa com a admirável amizade entre um cavalo chamado Joey e um jovem chamado Albert, que o domestica e treina. Quando eles são forçados a se separar, o filme acompanha a extraordinária jornada do cavalo à medida que ele traça seu caminho para a guerra, mudando e inspirando a vida de todos que encontra no caminho (a cavalaria britânica, os soldados alemães, um fazendeiro francês e sua neta) antes que a história atinja seu clímax emocional no centro da terra de ninguém. A Primeira Guerra Mundial é vivida através da jornada desse cavalo, uma odisséia de alegria e sofrimento, amizade profunda e altas aventuras. Cavalo de Guerra é uma adaptação épica feita por um dos maiores diretores de toda a história do cinema.

A primeira coisa que me veio a cabeça enquanto me dirigia para a sala de cinema antes de assistir ao filme Cavalo de Guerra foi: Será possível fazer um bom filme onde o enfoque é um cavalo? A resposta quando terminou a projeção foi simples: Sim. Ainda mais quando o diretor é Steven Spielberg (Munique, O Resgate do Soldado Ryan). Fica claro ao longo das mais de duas horas de filme que quando uma produção é feita com cuidado e muita qualidade dá para fazer um bom filme com qualquer temática.

Desde que assisti ao Discurso do Rei no início do ano passado que não encontro uma produção tão bem acabada (tecnicamente). Todo o conjunto que envolve a parte técnica dessa produção (fotografia, trilha sonora, edição de som, figurino) esta muito bem feito. O filme conta com bons nomes como Tom Hiddleston (Meia-Noite em Paris, Thor), Emily Watson (Dragão Vermelho), David Kross (O Leitor), para dar profundidade a um elenco de jovens e desconhecidos.

A direção de Spielberg também é uma coisa assombrosa, ele consegue reunir um bom elenco de apoio e extrair boas atuações dos cavalos, de um ganso e até de atores totalmente desconhecidos. Ele nos mostra que um gesto, um olhar as vezes fala muito mais do que mil palavras. Outro destaque é trilha sonora de John Williams que esta soberba e casa com cada situação conseguindo conectar o espectador com as emoções apresentadas na tela, tornando o filme muito belo e agradável.

Cavalo de Guerra é um grande filme, muito bem produzido e feito na medida para emocionar o espectador. A direção e toda a parte técnica esta impecável e faz com o espectador se conecte mais ainda com essa história peculiar. É um boa pedida para levar toda a família para os cinemas e aproveitar o que tem de melhor em um filme.



Trailer:

10 Comente Aqui! :

  • Zé Felipe Sá disse...

    Um bom filme, mas não daria um 10 pra "Cavalo de Guerra" não - um 7,5 no máximo. Dez, pra mim, só merecem as melhores produções de Spielberg: o primeiro e o terceiro da série Indiana Jones, "A Lista de Schindler" e quem sabe até "Munich"...

  • Rodrigo Mendes disse...

    Sua crítica feliz me deixou mais esperançoso quanto ao filme.

    Teremos Spielberg em dose dupla este ano! Deve ser lindo e uma produção caprichada, épica mesmo! Só não concordo com você quando diz que "Discurso do Rei" foi um filme nos mesmos moldes deste. Ele é redondinho demais e achei o Oscar nele exagerado.

    Abs.

  • Silvano Vianna disse...

    O filme é muito bom e bem agradável.
    Quando a comparação ao Discurso do Rei foi porque também é uma produção muito bem feita tecnicamente. A nota é subjetiva mesmo e vai de cada um.

  • Anônimo disse...

    Achei muito bom o filme, muita emoção e você acaba se prendendo muito ao cavalo ao ver tudo o que ele passou. Mostra também que na guerra não há vencedores e sim só dor e sofrimento, mas mostra que uma amizade vale muito.

 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...