Crítica: Weeds Primeira Temporada

19 de abril de 2011 5 Comente Aqui!


Weeds é uma série de humor negro do canal Showtime dos Estados Unidos. Neste canal ainda temos a excelente série policial Dexter e a comédia Californication com David Duchovny.  A série, atualmente terminou sua sexta temporada nos Estados Unidos e conta a história de Nancy Botwin, uma viúva que vive no subúrbio da California, mais especificamente na cidade de Agrestin.


A primeira temporada foi lançada em 2005 teve 10 episódios de 30 minutos de duração e já começa mostrando que Nancy Botwin (maravilhosamente interpretada por Mary Louise Parker) é uma vendedora de maconha (daí o título da série Weeds) na cidade de Agrestin.  A série mostra como Nancy age para vender as drogas, geralmente a amigos, e depois vai aumentando o alcance de suas vendas a relegar a função de venda a outros associados alcançando a faculdade mais próxima.  Mas o enfoque principal da série é o convívio com o seu filho problemático mais jovem Shane, o mais velho Silas e seu cunhado mulherengo e preguiçoso Andy.

Além disso a série aborda também a amizade de Nancy com Celia Hodes (Elisabeth Perkins, também em excelente atuação), uma mulher com um casamento desgastado com o marido e a obsessão do emagrecimento da filha Isabelle, que por estar com sobrepeso, não se adequa a imagem que ela tem por perfeição, causando sofrimento a menina.  A relação desta família vai passando por modificações durante a temporada, sempre tendo Celia como centro de desenvolvimento desta subtrama.

Nancy Botwin, além de ter que manejar o cuidados aos filhos, tem que se cuidar com o concorrente inevitável, aprender a criar um estabelecimento que sirva de frente para os seus ganhos ilícitos, vender a mercadoria sem chamar a atenção da polícia.  Tudo isso, com um roteiro muito bem realizado em que a série te conquista logo na abertura muito bem realizada nos mostrando como é o subúrbio americano embalada pela música Little Boxes de Malvina Reynolds.

Neste primeiro ano, Mary Louise Parker ganhou o Globo de Ouro e Satellite Awards por Série de Comédia.  Um prêmio muito justo, já que Weeds é também um achado da TV paga americana, que abriu espaço para o canal Showtime se desenvolver e nos trazer outras excelentes séries.  Entretanto não se restrinjam de ver uma série porque o tema da mesma seja a venda de maconha, e assistam pelo desenvolvimento da trama e dos personagens que se dão nela.  Porque sendo assim, vocês optam por perder de assistir outra série com temas bem mais pesados que é a premiada Breaking Bad.

Texto de Master Sidious - Blog Iniciativa Global

5 Comente Aqui! :

  • Sarah disse...

    Prémio muito justo mesmo, Mary Louise Parker faz um excelente papel. A série é super original, gosto imenso dela!

    Sarah
    http://depoisdocinema.blogspot.com

  • Anônimo disse...

    Sério? Porque passava no GNT achava que era uma série "de mulherzinha". Vou checar essa série.

  • Master_Sidious disse...

    Exatamente a mesma impressão que eu tive, Anônimo. Então depois de ver várias críticas positiva, resolvi dar uma chance a esta série que me surpreendeu. Eu já assisti quatro temporadas da mesma, e todas são muito boas. O fato de ela passar no GNT, que eu chamo de brincadeira de The "Girl Network Television" não ajuda na divulgação da série no Brasil. E quanto ao tema polêmico, é pano de fundo para boas histórias, que nem Breaking Bad. Vale a pena assistir.

  • marcelographics disse...

    Olá! Sou cartunista e também grande fã do seriado Weeds. Sua qualidade vai além da polêmica óbvia para nos chapar com o melhor do humor crítico ao american way of life. A primeira temporada foi algo doutro mundo. Ri muito e também me emocionei algumas vezes.

    Espero que gostem:

    http://wp.me/p11vaB-7h

    PS: no momento meu "intensivão Weeds" está parado em função de vários jobs, de forma que só assisti continuamente até meados da 5a temporada.

 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...